Tecnologia de Rastreamento Previna o Roubo de Defensivos Agrícolas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Os defensivos agrícolas são substâncias químicas ou biológicas utilizadas nas lavouras para proteger a incidência ou o efeito de organismos vivos tais como ervas daninhas, insetos, fungos, bactérias, ácaros, moluscos e roedores, os quais causam prejuízos ao cultivo de alimentos.

De modo geral, o contrabando de produtos defensivos agrícolas caracteriza-se pela importação ou exportação proibida desses produtos, os quais dependem de análise, autorização e registro de órgãos públicos competentes. É um crime que insere no mercado produto ilegal diante da legislação brasileira. O contrabando muitas vezes é confundido com o descaminho, que é a entrada de mercadoria permitida de forma clandestina, sem o pagamento de tributos.

Normalmente, as duas práticas acontecem associadas. A entrada de defensivos de maneira ilícita não é um problema de fronteira, mas um problema que passa pela fronteira e tem um efeito mais abrangente em relação a outras categorias de contrabando. Mais sério que o contrabando de cigarros ou bebidas, os quais atingem diretamente as pessoas que os consomem, o uso indiscriminado dessas substâncias no cultivo de alimentos tem efeitos nocivos – ainda não dimensionados – sobre todas as esferas da sociedade brasileira.

Os defensivos agrícolas são carga valiosa para as quadrilhas de falsificadores, que obtém através de roubo parte da matéria prima para a falsificação, além do contrabando.

Naturalmente, a maior incidência de roubo de defensivos agrícolas ocorre ou nos estados produtores, ou nas vias de acesso a eles. É o caso dos constantes registros em Goiás e Minas Gerais (Uberaba e Uberlândia), por serem rotas de passagem em direção a regiões produtoras.

Apesar do expressivo número de ocorrências, tanto nas propriedades rurais quanto nas estradas, não há estatísticas nacionais específicas sobre o roubo de agroquímicos. Segundo dados apresentados pela assessoria de segurança NTC e Logística, o número de roubo de cargas no Brasil passou de 15,2 mil, em 2013, para 25,9 mil, em 2017.

Porém, essa é a estatística geral, representando todas as ocorrências relativas a roubo de cargas no País. Os números foram apresentados durante IV Fórum Nacional de Prevenção de Roubo de Cargas, realizado em São Paulo, em julho de 2017. Em valores, a cifra estimada de perdas com roubos de carga nas estradas brasileiras chegou a R$ 1,5 bilhão só em 2017.

Para reverter o quadro em relação ao progressivo aumento no roubo de agroquímicos, a Marshals Segurança oferece ao mercado soluções de rastreamento e monitoramento de defensivos agrícolas desde a fábrica até as fazendas.

O nosso objetivo é proporcionar uma solução completa de rastreabilidade e controle e dar segurança ao distribuidor e à sociedade quanto à integridade no transporte e assim reduzir o tamanho das perdas para a indústria doméstica com a entrada de defensivos contrabandeados.

Este mercado ilegal gera perdas significativas não apenas para a indústria produtora de defensivos agrícolas, mas também para a economia em termos de produção dos demais setores, do emprego e renda dos trabalhadores e da receita tributária para as três esferas de governo.

Sem defensores agrícolas sua produção pode ficar comprometida. Sem segurança no trajeto que garanta com que estes produtos cheguem às fazendas, aumenta o risco de serem roubados.

Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudá-lo a reduzir a ação de contrabandistas especializados em interceptar e abordar caminhões, um grave problema enfrentado pelos produtores e distribuidoras, que precisam investir na segurança de transporte de cargas de forma eficaz.